Chá de Boldo: os mitos e verdades sobre a infusão queridinha das avós

Embora muito versátil no tratamento de diversas doenças, o boldo pode ser tóxico em alguns casos. Confira!

0 85

O chá de boldo é famoso por ser aquela bebida que nossas avós indicam para tudo. No entanto, o uso indevido ou em excesso da planta pode causar complicações, você sabia?

A verdade é que existem muitos rumores e mitos sobre as propriedades terapêuticas do boldo. Recentemente, inventaram até uma fake news que ele curava a covid-19.

Mas ao contrário do que nossas avós dizem, o bolso não é bom para tudo! Especialmente para o tratamento do novo coronavírus.

Por isso, neste artigo trouxemos informações reais sobre o chá de boldo, suas propriedades, benefícios e contraindicações.

Para quê serve o Chá de Boldo?

Chá de Boldo
Imagem: Health Tea ok Create (Reprodução / Instagram)

 

O Boldo (Coleus barbatus Benth), é um planta muito utilizada na medicina brasileira e bastante popular por sua acessibilidade. De fato, é muito fácil achar o planta no quintal de casa ou em sachês no supermercado.

No entanto, existem diversas espécies da planta. As mais comuns são o boldo-da-terra (Plectranthus barbatus) e o boldo-do-chile (Peumus boldus). A primeira é originária do Brasil, tem as tem folhas grandes e largas.  Já a segunda, é mais pequena e encontra-se a granel em lojas de produtos naturais.

Contudo, ambas possuem propriedades terapêuticas e são utilizadas no tratamento de diversas doenças, em especial os males gastrointestinais e hepáticos.

Também é uma grande aliada de atletas, pois combate a má digestão e o excesso de gases que podem comprometer o desempenho.

 

Benefícios do Chá de Boldo

Chá de Boldo
Imagem: Reprodução / Pinterest

 

Apesar do gosto amargo, os inúmeros benefícios da infusão compensam. De acordo com a Cartilha de Plantas Medicinais, do SUS, o boldo é um ótimo estimulante do fígado, da digestão e do apetite.

Além disso, ele pode ser utilizado para tratamento medicinal de azia, má digestão, gota, prisão de ventre, gases, cistite e até mesmo dores de cabeça.

 

Outros benefícios do chá de boldo são:

  • Aumenta a secreção do suco gástrico;
  • Diminui cólicas intestinais;
  • Estimula a secreção da bile pela vesícula biliar;
  • Facilita o processo de digestão;
  • Melhora o funcionamento do trato digestivo;
  • Potencializa a metabolização hepática;
  • Promove a desintoxicação;

 

Além disso, a infusão de boldo possui propriedades diuréticas, antiespasmódicas, anestésicas, antissépticas, anti-inflamatória, antibacteriana e anti-oxidante. No entanto, é preciso ter cuidado com o consumo, pois existem contraindicações.

 

Como fazer Chá de Boldo?

Agora que você já sabe o que é fato e o que é mito sobre as propriedades do boldo,  vamos a receitinha da infusão dessa planta!

Ingredientes:

  • 150 ml de água
  • 1 a 3 colheres (chá) de folhas secas

 

Modo de preparo:

  1. Ferver a água e, em seguida, desligar o fogo;
  2. Adicionar esta água sobre a planta seca;
  3.  Tampar e deixar por 10 a 20 minutos em repouso.
  4. Coar em seguida.
  5. Por fim, você pode beber de 2 a 3 vezes por dia, logo após o preparo.

.

Lembrando que é sempre bom consultar um médico e ver se você pode ou não consumir o chá de boldo, assim, você está se prevenindo de possíveis efeitos colaterais e contraindicações.

 

 

Contraindicações do chá de boldo

Chá de Boldo
Imagem: Health Tea Book Create (Reprodução / Instagram)

Como dito anteriormente, o consumo de chá de boldo não é indicado para muitos casos. Conforme as orientações da Cartilha de Plantas Medicinais da Prefeitura de Campinas/SP, a infusão não deve ser utilizada por:

  • Crianças;
  • Gestantes;
  • Hipertensos que fazem uso da medicação
  • Lactantes;
  • Pessoas que fazem tratamento com metronidazol ou dissulfiram
  • Portadores de obstrução das vias biliares (pedra na vesícula);
  • Pacientes com pancreatite ou hepatite aguda;
  • Pessoas que fazem uso de medicamento depressores do sistema nervoso central;

Além disso, a ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), alerta para o uso excessivo do chá, uma vez que existem riscos de toxicidade. Ele pode ocasionar diversos efeitos colaterais como, por exemplo, diarreia, aborto, vômitos, irritação gástrica.

Mitos e mentiras sobre consumo de boldo

 

Por possuir tantas propriedades medicinais benéficas, muitas pessoas confundem o seu uso. Daí o surgimento de rumores e mitos sobre suas verdadeiras ações no organismo.

Assim, desmistificamos algumas afirmações envolvendo a planta:

  • O boldo não emagrece;
  • O chá de boldo não cura a ressaca;
  • O consumo do chá não aumenta a imunidade;
  • A infusão da planta não regulariza a menstruação;
  • O boldo não combate o coronavírus;

 

Afinal, o chá de Boldo Melhora os Sintomas da covid-19?

Desde o início da pandemia, informações sobre o uso do chá de boldo para o tratamento da covid-19 vem circulando nas redes sociais. No entanto, não existe nenhuma comprovação científica sobre a eficácia do chá de boldo para o combate ao novo coronavírus.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), dentre os estudos que estão sendo realizados no mundo todo, nenhuma planta medicinal apresentou resultados efetivos na prevenção, tratamento ou cura da covid-19.

Além disso, o boldo tem diversas contraindicações. Assim, a história que “mal não vai fazer”, é balela! O boldo pode causar complicações muito graves em casos de gravidez, por exemplo, podendo ocasionar aborto ou má formação do feto.

Dessa forma, em caso de manifestação de sintomas, procure um médico ou uma unidade de saúde com urgência. Ainda é válido destacar que as  únicas medidas preventivas eficazes no momento são:  distanciamento social e práticas de higiene adequadas.

 

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Para mais informações, consulte a nossa nova política de privacidade. Tudo bem Mais detalhes